Velejar é Fácil e Prático! Aprenda a Velejar!


Alou Maruj@s!

Esse post é dedicado para aqueles que estão pensando em Aprender a Velejar e querem Vir Pro Mar, mas ainda estão cheios de perguntas, então, vamos lá!

Para facilitar, como sempre fazemos por aqui, dividimos em tópicos. Você já sabe que existem vários mitos sobre a náutica e que a gente acabou com isso no post anterior aqui do blog no melhor estilo “Mith Buster”!

O que você talvez ainda não sabe é que Velejar É Fácil e Prático, então, a gente vai te explicar como que a gente revolucionou a Náutica acabando com o lero-lero e o mimimi!

Pronto? Se prepara. Lá vai!

Quanto Tempo Leva

O que faz a diferença no tempo de aprendizagem é O Que Você Quer: o Seu Objetivo na Náutica.

Se você quer participar de uma olimpíada, cara, o caminho é longo e leva muitos anos. Mas se você quer velejar numa tarde de sábado na Baía de Guanabara, então leva pouco tempo, bem pouco mesmo, na verdade, coisa de horas.

“Impossível…me falaram que leva anos”. Não, não leva anos e eu provo que não leva! Isso é lenda de quem quer “criar dificuldade para vender facilidade”. Acontece que se você sempre velejou em ventos fracos e mares pequenos, você não vai saber velejar em ventos fortes e mares grandes. É preciso experimentar.

Então, o que a gente fez foi estudar esse processo de aprendizagem e formatar uma solução para isso e você aprender a Sua Velejada em questão de horas.

Como?

Entre no site, no #VemProMar, que é o nosso treino individual para você começar ou se aperfeiçoar a velejar e já começar a velejar de pronto. Não é lero-lero, vê só como é coisa de horas:

  1. Entre no Site Aqui;
  2. Use o desconto (Código Promocional QUERO_VELEJAR), ou se preferir, ligue e compre na hora da velejada;
  3. Entramos em contato para marcar a Data e Horário da sua velejada;
  4. Enviamos a teoria por e-mail e os Links do Blog para você dar uma lida na teoria básica e não chegar verde (se preferir, já pode começar a ler desde já! Clique Aqui);
  5. Confirmamos o Clima e Condições de Vento para a sua velejada;
  6. Na sua chegada para embarcar:
    1. Apresentação do Barco (preparação do barco é opcional, avise e a gente faz junto! se não quiser, o barco já estará montado e pronto para você ir pro mar velejar);
    2. Instruções de Vento e Navegação;
    3. Preparação para saída;
    4. Velejar!
  7. Pronto, você estará velejando. Sério. Você vai sair no barco já velejando, no leme, com o instrutor a bordo te ajudando a pilotar o barco e a velejar.

Então, é isso, em menos de 1 hora você estará velejando. Isso quer dizer que você já sabe velejar? Sim, você já saberá o básico e com um instrutor super experiente a bordo evitando qualquer risco e te explicando cada etapa. Isso em 1 hora, só. Viu? Não leva anos.

Mas se você quiser velejar em ventos mais fortes, mares mais altos, ir mais longe, não ter alguém experiente a bordo, isso leva mais tempo a depender do tamanho do seu desafio.

Em Geral, Quanto Tempo?

Com 6hr de velejada a gente consegue que você controle o barco com consciência.

Com 12hr de práticas no total você já estará velejando em ventos moderados.

Com 36hr velejando em sessões regulares, você já sabe bem como controlar todas as manobras e a gente começa a se divertir e até mesmo a praticar as regatas de classes monotipo.

Mas se liga! Evidentemente a frequência é fator determinante para a sua evolução. Quanto mais curtos os intervalos entre uma prática e outra, melhor você vai absorver o mundo de informação que vamos passar. Então, se você está com pressa, reserve um tempo e dedique-se na frequência e a gente vai fazer você velejar rapidinho! 🙂

A frequência ideal é você quem escolhe. Se seu orçamento é mais restrito, tente fazer 1hr ou 2hr por semana, mas 2hr por mês ou 1hr a cada 15 dias também é legal e você já vai evoluir!

Como são as Instruções na água

São velejadas práticas. Isso mesmo, tudo na água, velejando.

As sessões levam o tempo que você quiser: pode ser 1hr por vez, ou 2hr, ou até 6hr também. Você quem escolhe para caber na sua agenda e no seu orçamento. O importante é você estar dentro da sua capacidade sempre “puxando” um pouco mais para ampliar sua habilidade.

Não se preocupe, a gente vai te ajudar a entender seu limite de Vento, Mar e Técnica incentivando sempre e limitando se necessário. Por exemplo:

Sua Primeira Velejada

A gente sugere que a primeira saída seja de 1hr ou 2hr, no máximo. É cansativo fisicamente e mentalmente. A primeira vez a bordo você ainda estará se acostumando com o barco, os termos e os nomes das coisas. Por isso, o seu nível de concentração, ansiedade e esforço ainda será grande. Isso vai te cansar rápido, mas você já estará velejando e praticando.

Se nessa primeira saída você – e o instrutor – perceber que a coisa toda foi fácil, e você desempenhou bem, consciente, não cansou, a próxima saída já pode ser mais longa o que ajuda, e muito, a aprender mais rápido.

Sobre o vento e o mar, ou melhor, as condições de clima, vamos dar uma limitada significativa na primeira vez. Mesmo que você já tenha velejado algumas vezes antes em escolas, cursos, ou com amigos, a gente não se conhece ainda em termos de limitações e facilidades.

Lembre-se que você também não conhece o barco e o instrutor, daí nossa primeira velejada juntos, ou pelo menos parte da primeira hora, é necessariamente em ventos abaixo de 9 nós e mar menor que 1 metro. Outro fator importante são as Rajadas de Vento que limitaremos em até 30% do vento para não tomarmos sustos.

As Velejadas Seguintes e o Seu Objetivo

A partir da Segunda Velejada a gente já vai adaptando mais para o objetivo que você traçou: se você quer um esporte, a gente já vai começar a puxar mais técnicas e a parte física a bordo. Se você quer fazer travessias, vamos passar mais informações sobre meteorologia, por exemplo, e mostrar algumas técnicas específicas de “cruzeiristas”.

De acordo com a sua pegada vamos aumentando os limites de clima e navegando ventos mais fortes, mares mais altos e rajadas mais intensas. Para isso, escolhemos com você os roteiros dentro da Baía de Guanabara que iremos navegar e cada vez será diferente! Você vai ver, a baía é bem grande! 😀

“Mas eu quero saber é de mar aberto!” Sem problemas, a gente vai com você nas experiências #RumoDasIlhas, #FunTrack ou o #SailingTrip e apresentaremos você ao Oceano! 🙂

Instruções Customizadas

É, a gente faz isso e temos orgulho em sermos os únicos assim!

A velejada é Sua, então, você comanda, dá o ritmo, a intensidade e o objetivo por isso não temos um programa padrão já que objetivos e perfis de cada velejador são diferentes. A gente sabe disso e quer mais é que cada um veleje a sua velejada no seu ritmo e intensidade.

Por exemplo, se você é uma pessoa esportiva, não adianta a gente ficar velejando num veleiro de 40 pés, de 1980, produzido e equipado para navegar o mundo. O barco é excelente, mas não é rápido e não tem muita demanda física. Se você quer esporte, a gente vai te dar esporte!

Por outro lado, se você quer navegar pelos 7 mares, não adianta a gente ficar com você mais do que o necessário nos barcos menores. Vamos te incentivar, apoiar e até te levar para experimentar e treinar em barcos de oceano. Mas aqui cabe nossa ressalva: quem aprende de verdade, aprende nos menores o que leva ao próximo ponto:

Qual o Barco Ideal

Não existe essa coisa de “o melhor barco” porque como já falamos, cada um tem seu estilo de velejar. O barco ideal para um casal jovem velejar até Angra, nunca será o mesmo que de uma família que está velejando pelo mundo.

Um barco de regata pode até ser adaptado para um fim de semana a bordo, mas nunca terá o mesmo conforto que um barco que foi projetado para isso. Os “yacht desginers” chamam isso de “compromissos”: um barco rápido, sacrifica conforto. E vice-versa.

A gente na Academia Náutica escolheu o Snipe. É o melhor barco? Para quem busca aprender, sim. E aqui vão as razões:

  1. É um barco Simples: fácil de montar, seguro, sem grandes complicações mecânicas. Tudo está a vista e fácil acesso.
  2. É um barco Popular: é uma das classes mais ativas no mundo! e igual. Um Snipe é um Snipe no Rio, em São Paulo ou na Bahia. No Brasil, na Alemanha, nos EUA ou na Austrália. E advinha? Você pode alugar um em qualquer lugar! \o/
  3. É um barco Seguro: é bastante estável, mas é verdade que o snipe vira e pode até mesmo capotar, mas é difícil. Mesmo que isso ocorra, o barco pode ser facilmente trazido de volta a posição e voltar a velejar.
  4. É um barco Completo: você aprenderá a regular todas as formas de vela, mastro, quilha, momento. Isso aí! O snipe tem uma porção de regulagens que a gente pode – ou não – detalhar de acordo com a sua vontade de se aprofundar.

Isso tudo, e muitas outras razões, fizeram a gente escolher o Snipe como O Barco para começarmos a velejar com você!

Mas e depois que eu aprender?

Aí vem o grande pulo do gato. Uma das maiores dificuldades de quem veleja é o custo e a tripulação. Pode parecer brincadeira mas é verdade: ainda é difícil encontrar velejadores dispostos a tripular o seu veleiro. Por isso a gente tripula seu barco para você ou você segue velejando nos nossos, sem custo adicional.

Lembra que velejar precisa de prática? Então, se você aprender a velejar e depois ficar anos parado, você não vai esquecer tudo, mas vai perder alguma prática. Para que isso não acontece, o Banco de Horas #VemProMar dá a chance de você continuar velejando sempre que quiser. É só ligar e agendar, igualzinho como você fez para as instruções! 🙂

e depois…

O importante é que, seja qual for seu estilo, a gente vai te passar Tudo Que a Gente Sabe e até mesmo pesquisar para você o que não sabemos. Um velejador de Regata se beneficia Muito de conhecimentos de clima, e um velejador de cruzeiro, se beneficia muito de técnicas de regata. A gente tem muita capacidade técnica e experiências para passar e aqui não tem essa de “guardar pro final”, a gente explica tudo e por isso que nosso blog tem tanto material disponível, sem custo algum, para quem quer saber mais sobre a náutica.

Nosso desejo é ver esse mar cheio de veleiros!!! E estamos convencidos de que só teremos um montão de barcos velejando na Baía de Guanabara quando a náutica for Inclusiva e Democrática. A nossa forma de fazer isso é passando Todo Nosso Conhecimento para você.

Então, agora só tem mais uma coisa para você fazer:

#VemProMar! 🙂

compartilhe com outros marujos Facebook